Virando a chave

Virando a chave

“Pensei e repensei em como iniciar este artigo, e foi a frase “virar a chave” que ficou na minha mente, por que na verdade, é ela que está muito presente nas sessões de coaching de desenvolvimento de líderes.

Independente do tempo de jornada na função, é muito comum muitos líderes, chegarem questionando-se em como serem mais estratégicos, como obterem mais resultados e como se destacarem mais.

E a resposta desta pergunta, muitas vezes está nesta “virada de chave”, ou seja, como posso utilizar melhor minha equipe para alcançar mais resultados? A tal virada está em entender que quanto mais preparada, autônoma e independente a equipe estiver, mais o líder, poderá investir seu tempo e energia em atividades mais estratégicas e menos operacionais.

Para isto, é necessário atuar no desenvolvimento da equipe, primeiramente conhecendo-a, identificando qual a habilidade de cada um, e percebendo como pode usar o talento de cada integrante em prol do resultado. Como fazer isto? Você pode recorrer a 1001 ferramentas que há no mercado, mas há uma que você tem mais próximo de você, do que imagina: o diálogo!

O Diálogo

Através do diálogo, fortalecemos as relações, ouvimos, damos voz ao outro, e quando isso acontece, criamos uma atmosfera de engajamento e responsabilidade, e é neste ambiente que a delegação e o feedback por exemplo podem acontecer com mais agilidade e naturalidade.

Vejo muitos líderes que por motivos diversos tendem a centralizar, e aí vão abraçando mais e mais coisas, mas, quando começam a dar o primeiro passo, e começam a delegar responsabilidades e não só tarefas, realmente, começam a se surpreender positivamente, pois veem naquela equipe que antes não confiavam, uma equipe receptiva em querer se desenvolver e crescer.

Se a equipe cresce, o líder cresce, se o líder cresce a equipe cresce, e um alimenta o desenvolvimento do outro, e ambos conquistam mais resultados para suas carreiras e para a organização.

E quanto a você, como acredita que anda o desenvolvimento da sua equipe?

Fica o convite a reflexão, pois quanto mais fortalecida for a sua equipe, mais longe poderá chegar!” Andressa Miiashiro

http://agecefsp.org.br/Edicao4-jornal.pdf

Texto publicado no Jornal Gestores em Pauta da AGECEF (Associação dos Gestores da Caixa Econônica Federal) em Julho de 2015